quarta-feira, 27 de agosto de 2008

SEGUNDA FEIRA DIFICIL

25 Agosto 2008

O fim de semana foi curto para digerir os acontecimentos do final da semana que passou.

Para já tudo calmo no reino da Moldavia.

Sabemos que a Mrs do nosso Mr já veio das canárias e penso que ele agora deve entrar de novo na linha, começar a chegar a horas à agência e comparecer dia a dia como era antes.
A minha colega diz que o acha desmotivado. Dá informações erradas aos clientes, chega tarde, não quer saber de nada. A mim parece-me normal como sempre foi, tirando a parte dos atrazos. Mas eu não falo a lingua deles, não sei de que falam nas minhas costas ou à minha frente, sem eu perceber.

O meu irmão esteve aqui na agencia na sexta feira. Então disse que a agencia cheirava mal, que a minha colega tinha os dentes amarelos e um bafo asqueroso na boca e que tudo tinha um aspecto deveras soviético.

O cheiro já nem o sinto. Deve ser dos gajos das obras e dos ciganos romenos que aqui entram e deixam o seu odor laboral. Ainda agora entraram aqui uns ciganos com um cheiro horroroso, daqueles que vendem pensos e pedem esmola na rua. A miuda estava a tirar os sapatos. Tinha os pés imundos.

A minha comadre fez mais uma das dela: comprou viagra feminino e tomou 2 comprimidos de uma vez. Excusado será dizer que andou de pinta acesa mais de 24 horas e deu cabo do namorado traficante. Desistiu do gajo com sida. Ele diz que é melhor ela esquecê-lo. Melhor para ela!

Qualquer dia também compro o viagra feminino. Tenho andado muito cansada.

Sem comentários: