sexta-feira, 12 de setembro de 2008

IT GOES ON AND ON AND ON

Caros e fieis leitores, estou de volta ao smell.
Depois de um dia em cheio de trabalho como foi ontem no aeroporto, cá estou eu de volta à base. Ontem senti-me uma pessoa normal. As pessoas falavam comigo, ninguém me desligou o telefone na cara, enfim, fui tratada como uma agente de viagens normal. O meu chefe ficou todo contente porque vendi cinco bilhetes. Bem, parece-me ser um grande feito. Até ontem o maiximo de vendas por dia eram 2 bilhetes. Sendo assim, não sei para que serve o balcão do aeroporto.
E, dizia eu, ontem fui feliz, tirando um acontecimento que me fez lembrar onde e com quem eu de facto trabalho.
Passo a contar:
Foi à hora de almoço. Como não tenho cartão do aeroporto ( levei o do meu chefe) não tenho desconto nos restaurantes. Como é do conhecimento geral, a comida no aeroporto é caríssima. Lá não se almoça por menos de 10 Eur. Então, dirigi-me ao balcão em frente ao meu e perguntei às meninas que lá estavam se me podiam dizer o sitio mais barato do aeroporto para comer. Elas falaram no Mac Donalds. Mas - disse eu - o Macdonalds fica depois de passar a segurança e eu tenho o cartão do meu chefe, não me vão deixar passar. Ah- repondeu uma delas- o cartão do seu chefe.. deixe-me ver o cartão do seu chefe...hum que idade tem este homem? 27 anos- respondi eu. Pois, 27 anos- respondeu a outra- e já com uma grande escola. Pensam que vêm para cá enganar as pessoas! Eu tenho que ter uma conversa com este senhor porque ele já anda a abusar. Mas o que fez ele?- Perguntei eu. E aí a resposta e o tratamento já foram diferentes. Nada que lhe interesse - respondeu ela. E olhe - continuou - não tente passar a segurança com esse cartão senão ainda fica sem ele. Isso só pode ter sido ideia do seu chefe, trazer o cartão dele. Pensam que vêm para cá enganar as pessoas - continuava ela.
Por isso, caros leitores, como podem ver, ainda não há um mês que temos o balcão no aeroporto e já temos a fama que temos graças aos esticanços do meu chefe. Não há paciência! O homem mancha a reputação de qualquer empresa. Fonix! Fiquei a ferver! Só gostava de saber, o que foi que ele andou a aprontar.
E já agora, também gostava de saber como é que um gajo com cadastro por burla e falsificação de documentos tem um cartão de acesso ao aeroporto. Juro que gostava!
Para rematar; acabaram de entrar aqui uns ciganos romenos que deitam um smell que até me está a dar vómitos. Estão fartos de gritar com a minha colega do lado. Não faço ideia do que dizem mas estão chateados. Xiiii! Agora o velho está a dar palmadas na própria testa com uma raiva que até a mim me doi!
Ai meu Deus! Wellcome to.... wherever you are!

4 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Bem, isso deve ser divertido!! LOL
Obrigada pela visita!

Gostei do teu blog, posso adicioná-lo aos links?;)

Salta Pocinhas disse...

lololololol

Vá lá, deu-lhe para bater jna própria cabeça :P

beijoooo

Mac Adame disse...

Não sabes como é que um gajo que falsifica documentos entra no aeroporto? Suponho que é da mesma maneira que um gajo que falsifica cursos acaba primeiro-ministro.

Eric Blair disse...

o regresso à marmita é o mais aconselhável ...