quarta-feira, 24 de setembro de 2008

UM CAFÉ NUM COPO DE PLASTICO COM PALHINHA

Pois é, tem sido assim a minha vida desde que comecei a branquear os dentes. O homem do café da frente já não me pode vêr. Acha tudo muito estranho. Mas o facto é que resultou. Estou com uns dentes como nunca tive!
O meu chefe já falou com a matrioska do aeroporto e ela já disse à minha colega tuga que segunda feira que vem se muda para cá. Só eu é que ainda não sei de nada. A mim ele ainda não me disse. Já o ouvi falar com o moldavo-môr. A minha colega do lado traduziu. Ele disse ao outro que eu ia para o aeroporto e a Matrioska vinha para cá. Mas pronto, não sei de nada. Tudo é decidido nas minhas costas à bela maneira moldava.
A minha colega do lado começou segunda feira passada a usar uns sapatos horriveis, bicudos. Só falta serem de verniz, também. Oh meu Deus! O que tem o povo de leste com os sapatos bicudos? Não entendo! Deve ser porque está quase de ferias e vai um mês para a Moldavia. É para ir lentamente voltando às origens.

That's it!

1 comentário:

Andreia do Flautim disse...

Há sapatos de bico bonitos! Não gostas de sapatos de bico?