sexta-feira, 26 de setembro de 2008

AMAZING MOMENTS BY PATRIOSKA

Yesssssssssss!!!!!!!

I did it!

Ele vai mesmo mandar-me para o aeroporto! Ah ganda patrioska! Segundo as minhas colegas esta palavra "patrioska" não existe na lingua russa nem na moldava. Foi inventada por mim. Dizem que se eu inventar um boneco parecido com as matriokas e o registar como patrioska, ainda posso vir aganhar muito guito.
Pois é caros leitores, consegui. Vou ter mais tempo para mim e para a minha familia. Há é o risco deste blog perder um pouco o interesse pois ele assentava exactamente nas matrioskas e no dito cujo. Pode ser que apareçam outros pontos interessantes.
Há sempre a minha comadre e a casa de putas. Ah, é verdade, não vos contei; ofereceram-lhe 1000 Eur por 1 hora. Ela não aceitou. 1000 Eur por uma hora...humm...são 16 Eur por minuto. E ela diz que o gajo valia a pena. Enfim... com tanta gaja boa à volta dela, oferecem-lhe 1000 Eur a ela. Faz bem ao ego. Muito bem mesmo.
Acho que o patrioska tem outra gaja. Anda bem disposto. Alegre. Ontem espalhou-se ao comprido aqui a subir a escada. Foi lindo! Ia-me mijando a rir. E ele a olhar para mim. Até lhe perguntei se tinha lanchado água ardente. Acabou por se rir também. A seguir pisou a minha pastilha elastica que estava no chão ao lado do caixote. Teve que sair para arranca-la do sapato. Enfim, durante 5 minutos tivemos THE BEST OF do boss. Foram momentos inesquecíveis. Ele a esfregar o pezinho no tapete com ar desolado, ele a cair redondo no chão....Momentos que ficam para sempre.
Mi gusta!

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

UM CAFÉ NUM COPO DE PLASTICO COM PALHINHA

Pois é, tem sido assim a minha vida desde que comecei a branquear os dentes. O homem do café da frente já não me pode vêr. Acha tudo muito estranho. Mas o facto é que resultou. Estou com uns dentes como nunca tive!
O meu chefe já falou com a matrioska do aeroporto e ela já disse à minha colega tuga que segunda feira que vem se muda para cá. Só eu é que ainda não sei de nada. A mim ele ainda não me disse. Já o ouvi falar com o moldavo-môr. A minha colega do lado traduziu. Ele disse ao outro que eu ia para o aeroporto e a Matrioska vinha para cá. Mas pronto, não sei de nada. Tudo é decidido nas minhas costas à bela maneira moldava.
A minha colega do lado começou segunda feira passada a usar uns sapatos horriveis, bicudos. Só falta serem de verniz, também. Oh meu Deus! O que tem o povo de leste com os sapatos bicudos? Não entendo! Deve ser porque está quase de ferias e vai um mês para a Moldavia. É para ir lentamente voltando às origens.

That's it!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

DENTES AVIÕES E MATRIOSKAS

Estou a fazer um branqueamento aos dentes. Durante o tempo em que o estiver a fazer não posso beber café, chá e sumos com muitos corantes. Ora bem, eu bebo 3 cafés por dia. Tive que arranjar uma solução para a minha dependência da cafeína; passei a beber café por uma palhinha. É um bocado anti-social. Quer dizer, as chavenas são pequenas, não fica muito bem beber assim, publicamente, uma bica por uma palhinha. Digo aos senhores dos cafés para me darem um café num copo de plástico para levar e uma palhinha. Assim bebo o meu cafezinho em privado e não mancho os dentes. Está a resultar o tratamento. Estou ficar com uma dentola à maneira. Agora é que as matrioskas se passam!
Voltando ao assunto principal deste blog: acho que o meu chefe me vai mandar para o aeroporto. Só que a matrioska de lá diz que se vier para aqui, não quer trabalhar nenhum sábado. Como é sabido, eu aqui, trabalho um de 15 em 15 dias. Vamos ver.
Noticias que chegam de leste: a Aeroflot faliu e a Krasair está em vias de falir. Falir ou "falimentar" como dizem as minhsa colegas! É assim a vidinha! Toca a todos!
Entretanto a matrioska mais nova anda com melhor aspecto. Devem ser influências da minha roupa. Mesmo assim há combinações de cores e tecidos que ela faz, que me mexem com os nervos. Penso que vou ter que me habituar.