terça-feira, 17 de março de 2009

E POR 30 MIL EUROS????

Já pensei várias coisas e as investigações tipo KGB da minha colega moldava só vêm suportar mais as minhas suspeitas.
Outro dia o meu boss saiu do escritorio e a minha colega KGB foi logo ao skype dele ver as conversas que ele tem com a mulher. Hehehehe!!!! Nada está seguro com aquela mulher por perto. Ensinei-lhe 2 termos tugas novos para ela: cusca e pinar. E ela usou-os assim:
- Eu sou kuska muito kuska. Eu foi ao Skype de boss e viu lá que sua mulher quer pinhar com ele e ele não quer. Assim ela vai pro Milão pinhar com seu amante de China.
Ok... portanto, das duas uma; ou ele anda demasiado preocupado em arranjar os 30 mil euros e perdeu a tusa (pouco provável) ou então é gay.
Ela disse-me que há um amigo que está sempre com ele lá na agência e que a mulher dele já se anda a passar porque eles passam muito tempo juntos e ela é posta de lado.
Caros leitores masculinos, se vocês vissem a mulher do meu chefe.....ui ui.....Se eu fosse homem ou gostasse de gajas, ela era aquela que não me escapava. É linda! E boa todos os dias! Como é possivel que um homem perca a tusa por uma mulher daquelas? Como é possivel que ela tenha que lhe pedir para pinar?!
Bem o amigo do chefe também não é nada de deitar fora. Nada mesmo!
Agora, neste preciso momento, as I 'm writing, heis que surge a seguinte dúvida na minha mente depravada: Será que o big boss da Moldávia é, ele mesmo, um enrabador de serviço ao meu small boss? Será, porventura, que ambos já se comeram em tempos idos? Será que se comem ainda? Ai que ainda os vou ver aos dois a cantar o YMCA!!!! Ai ai, que só de pensar nisto e imaginar a cena quase que me mijo a rir...ai ai!!!!
E será, que é essa a razão porque o Big Boss não ficou assim tão preocupado com o desvio dos 30 mil euros? Será que uma enrabadela do meu chefe vale 30 mil euros? Fonix! Então isto agora é assim? Trata-se de um caso de corrupcão anal, meus senhores! Ter a peidola corrompida dá lucro. Eu não sabia é que dava tanto!
É pá...toda a gente tem o seu preço. Ora digam-me lá, por 30 mil euros, vocês eram enrabados???? E deixavam-se enrabar????

13 comentários:

jg disse...

Levar no cu, a menos que se goste, não é uma questão de dinheiro.
É uma questão de carácter.
Sim, pq oportunidade de levar no cu, toda a gente tem!!

Capitão Merda disse...

Não te ocorre que ele possa andar a "degustar" uma mulher melhor do que a legítima?
E não têm vergonha de ser pidescas, vocês?!

Da gordura à formosura disse...

Lol!No teu local de trabalho passa-se cada coisa! Fico estupefacta, a sério! Enfim...
Obrigada pela dica da linhaça ;o)

Andreia do Flautim disse...

Bolas!! Que raio de chefe que tu tens!!

jg disse...

Não tem nada a ver com a postagem, mas lembrei-me agora de que há dias fiz uma coisa que já não fazia vai para uns 10 anos. Ou mais!!
Comi um pacotão de línguas de gato
E lembrei-me de ti.
Não sei bem se por serem pequenitas se por serem doces.
Gostei.

jg disse...

Por outro lado e por a ter visto agorinha na cx de comentários, a menina do flautim é uma bebágua e tanto.
Já me enervo quando passo pela gaita dela com tanta infantilidade e tontice.
Não há pachorra...

Paulo Dâmaso disse...

Para um rabinho como o meu 30 mil era muito pouco
LoooooooooL

Maldonado disse...

depende: se estivesse desesperado, não me importava. Mas como não estou, só acima de 100.000 €, a não ser que seja um Adónis fora do comum... :))

Rei da Lã disse...

A senhora diz que ela é "boa todos os dias"...

Veja as coisas deste ponto de vista:
Eu adoro cozido à portuguesa, mas enjoaria se passasse um ano a comê-lo diariamente...

;)

Mr Nelson disse...

Bem... ultimamente andas a falar muito em dinheiro em troca de sexo!

Mas neste campo concordo com o dono da tasca aqui ao lado do escritório, é um macho daqueles à antiga, com palito nos dentes e brilhantina no cabelo para apurar o visual e que costuma dizer que "cú é cú... não tem sexo!"... portanto pela lógica de raciocínio do nosso "barman rústico" da porta ao lado..."ir" ao dito cujo não significa que seja paneleiro, visto ser um orgão de sexualidade indefinida... já "levar" no dito cujo é um caso totalmente diferente e de paneleiragem assumida!

Quanto à pergunta, vou responder o que me disseram uma vez nos Recursos Humanos... "todos nós temos um preço"... o que não quer dizer que concordamos com esse valor.

Peter Mary disse...

Isso é com factura ou é tudo pela porta da traseiras ???

Bjs

provocação disse...

Hummmm, eu até de borla, mas acho que não estavas a perguntar ao mulherio, certo? Olha que os rabos dos homens escondem segredos que nem imaginas, é muito natural gostarem de ser estimulados lá e pq não "enrabadfos"?

Luis Bento disse...

Eu não covenho comentar questões do fôro anal...entrei no teu blog e acho-o um espaço de humor...KUrrosivo... e bastante atraente... eu só queria ... a morada da mulher do teu chefe... he he he