sexta-feira, 15 de maio de 2009

A MINHA VIDA

Sou eu que sou esquesita, ou atraio gente esquesita ou a minha vida dava, de facto um filme.
Sou da opinião que toda a gente tem uma vida super interessante. É por isso que a maior parte das pessoas que conheço diz, e com razão, que sou muito muito cusca.De facto sou. Sou do tipo que gostava de espreitar a vida dos vizinhos por binóculos e ter câmaras de filmar em casa das pessoas, tipo big brother. Sou mesmo muito cusca. Cheiro no ar quando há novidades. Geralmente nunca me engano! O meu faro é infalivel. E quando elas existem e ninguém me conta chego a ficar com borbulhinhas no corpo, tal é a minha curiosidade. Uma doença!
Todos vocês que me lêm sabem, que o alvo maior da minha curiosidade é, sem duvida o meu chefe. A vida dele é uma odisseia. Super, super interessante. Cheia de factos escondidos que eu adorava, dava tudo para saber!E não me contam...não é justo!
O meu chefe e as minhas colegas são a parte mais interessante da minha vida. Tenho uma colega que vê gente morta reunida na mesa de reuniões da nossa agência do aeroporto. Ela sente espiritos na agência do largo do rato, fala com espiritos em casa incorpora-os e vê eles se arrastarem. Enfim, I see dead people....A minha colega moldava tem um dente de ouro e eu podia jurar que anda metida com o big boss da Moldavia. Ou ele anda metido nela.Enfim, whatever!
Há também a minha comadre que tem uma casa de putas e o meu compadre que, para além da casa de putas, tem também um bar de strip. Neste momento ela anda a espandir o negocio das putas para o Dubai. Já prestam serviços a um sheik.
Por último, um dos médicos que o meu pai consultava, meteu na cabeça que havia de me comer e agora telefona-me. Antes era porque queria ir para Cabo Verde e queria que eu fosse com ele. Depois era para saber como estava o meu pai, e agora...agora simplemente não tem desculpa e liga-me. Fonix! E sabe que eu sou comprometida. Sabe que tenho filhos. Isto é uma pouca vergonha. Raios parta ! Quando uma mulher finalmente tem a sua vida organizada, eis que o universo resolve testar a sua fidelidade! Continuo a trata-lo por Sr. Dr. , a ver se ele entende que anda a perder o seu tempo.
Bem, não me posso queixar de monotonia. Ou pela minha vida ou pela dos outros, vou-me divertindo.

6 comentários:

Da gordura à formosura disse...

Realmente a tua vida de monotonia não tem nada. Conheces gente muito estranha...Mas se te divertes é o que importa.
Falando do que me indicaste (drenafast e depuralina), eu tenho um problema nos rins (descobri esta semana) e agora tenho medo de tomar certas coisas. Sei lá se me vai afectar ainda mais os ditos...Não quero sentir aquelas dores outra vez!
Beijinhos e bom fim de semana.

Mr Nelson disse...

Devias falar com o Quentin Tarantino, realizavas um "Pulp Fiction" (versão lusa) ia ser um sucesso!

Olhos Dourados disse...

Epah, a tua vida não é monótona, não!
Essa que vê gente morta... bolas, que impressão lidar com uma pessoa assim!

Graça disse...

Da monotonia não te podes mesmo queixar heheheheheheh

**********

CG disse...

Tanto a tua vida, como a dos que te rodeiam, de monótonas não têm nada! ;)
Essa colega que vê espíritos... até me arrepiei. Sei que eles andam aí, mas prefiro não saber exactamente onde estão!
Big Kisses

provocação disse...

Conta lá melhor essa da colega que vê espiritos...